Chocos com tinta na frigideira e batata doce

A tinta de choco serve ainda para pintar bigodes

Estudantes americanas com bigodes pintados a tinta de choco. 

Há uma possibilidade de estar viciado em tinta de choco. Em duas semanas, ingeri mais tinta de choco do que uísque, facto assinalável em mês de jantar de empresa.

Não sei se há uma compulsão para isto. Numa pesquisa rápida na Internet, descobri que o misterioso líquido negro tem melanina, um pigmento banal, e ácido glutâmico, outra substância vulgar.

Em todo o caso, alguma coisa faz com que tenha um sabor terroso e salino incomparável, ligeiramente amargo, e estou certo de que um dia destes uma universidade norte-americana qualquer vai descobrir-lhe um composto anti-cancerígeno.

A receita de hoje serviu cinco pessoas. Notas encorajadoras da Sílvia (namorada espectacular) e da Marília (sogra fixe), críticas suaves da Maria (um ou outro choco tinha demasiada terra para a princesa), rejeição obstinada por parte do Chico (o varão ficou-se pela batata doce).

Ingredientes

1kg choquinhos pequenos

1 cabeça de alhos

1 folha de louro

1 ramo de coentros

1 malagueta

Pimenta preta

Sal

Azeite refinado

Azeite extra-virgem

Pão torrado

5 batatas doces médias

1. Aqueça bem uma frigideira ampla, deite duas colheres de azeite refinado, depois metade dos alhos esmagados com casca. Deixe escorregar os choquinhos lá para dentro, acrescente metade dos coentros (em rama), a malagueta e o louro. Salpimente.

2. Espere entre 3 a 5 minutos, quando o líquido que os chocos largaram estiver a borbulhar, côa-o para um tacho à parte e reserve os bichos.

3. Passe a frigideira por água e deixe-a aquecer novamente em lume bem vivo.

4. Coloque o tacho com o líquido coado ao lume, a reduzir.

5. Deite mais umas duas colheres de sopa de azeite refinado na frigideira e estale nele, novamente, os choquinhos.

6. Acrescente a outra metade dos alhos esmagados e um pouco de manteiga.

7. Verta a tinta de choco reduzida à parte sobre os chocos, esprema um limão, afine de sal e de pimenta preta moída na altura.

8. A terminar, a outra metade dos coentros (picados) e um bom fio de azeite extra-virgem.

9. A acompanhar, batata doce em rodelas, assada durante 35/45 minutos  no forno, a 250 ºC.

10. Emprate com fatias de pão torrado alentejano.

11. Coma muito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s