Erva da Boa

Certa vez, precisei de folhas de angélica para um prato que me propus fazer do livro Noma, do restaurante com o mesmo nome, em Copenhaga. Procurei em tudo o que era loja gourmet, ervanária – até em farmácias – e nada. Ninguém tinha angélica em Portugal. Já sem grande esperança, lembrei-me, por fim, de ligar para Fernanda Botelho, especialistas em ervas aromáticas e plantas medicinais.

– Arranjo, sim – disse-me.

– Onde?

– No meu quintal. Venha depressa que está a acabar a época.

E lá fui eu ter com ela à sua casa, perto de Sintra. O quintal era uma maravilha: pequeno, desarrumado, um condensado de plantas exóticas e vulgares, todas sobrepostas umas às outras, sem caminhos, sem catalogações. A Fernanda ia-me instruindo, à medida que esventrávamos a vegetação em busca da angélica, com um entusiasmo comovente, dando a provar algumas folhas que ia apanhando.

Desde então sigo com mais atenção o que vai publicando. A sua  agenda de plantas medicinais para 2013, por exemplo, já está disponível e pode ser encomendada directamente à autora (fernandatojeira@gmail.com), com autógrafo, por 10,50 euros.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s