Carlo e a Baguette

Numa entrevista ao Gazzetta dello Sport, o treinador italiano do PSG, Carlo Ancelotti,  surpreendeu toda a gente com o seu célebre apetite. Perguntado sobre como a cidade de Paris o havia conquistado, respondeu:

—   Com o pão.

—   Como?!

—   O pão que comes em Paris não existe em mais lado nenhum do mundo.

—   Prefere o pão à Torre Eiffel ou ao Louvre?

—   Não, mas o pão eu como todos os dias e ao Louvre só vou uma vez por mês… Há uma diferença.

O diálogo deveria constar no epitáfio do antigo jogador do Milan. Leio e releio e não sei se prefiro o arranque, curto e cru, ou a saída, desconcertante e incontroversa.

Aqui em casa, aliás, partilhamos todos da filosofia de Ancelotti. Há seis anos, de férias na Cidade da Luz, também nós caímos no feitiço da baguette parisiense. Em apenas dez dias, visitámos trinta boulangeries. Diria mesmo que, à excepção de uma rápida aventura pela Disneylândia, destinada a amansar os miúdos, não fizemos mais nada senão comer pão.

A jornada épica obedeceu a um plano, secretamente gizado. Ainda em Lisboa, reuni toda a informação que consegui sobre os mestres padeiros do momento — e depois tracei um roteiro. Um dos nomes incontornáveis era um tal de Eric Kayser, na altura um jovem professor de panificação estabelecido na Rue Monge, hoje dono de um império que se estende às Amoreiras.

Já em Paris, antes de sairmos de casa, a Sílvia perguntava-me: “O que queres ir ver, hoje?” E eu atirava, displicente: Eu não me importo de andar só pelas ruas, ao acaso. Ela contrapunha: “Então e a Torre Eiffel?, e o Louvre?, e Montmartre?, e o Sena?” Aaaah… as crianças vão ficar enfastiadas… Montmartre é um perigoso labirinto de carteiristas…. o Sena está infestado de tubarões”.

Logo de seguida, escondia-me na WC, sacava da lista dos vencedores do último Grand Prix de La Baguette de La Ville de Paris, identificava-os no mapa da cidade e definia um trajecto (“ao acaso”).

Não vimos a Mona Lisa, mas enchemo-nos du pain. Muito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s